Há exatos 40 anos, era entregue o primeiro Boeing 767

siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

Foto: Aero Icarus

Hoje (19/08), se completam 40 anos da primeira entrega do Boeing 767, que foi o primeiro jato bimotor de larga fuselagem da Boeing e se tornou um dos widebodies mais populares da história da aviação.

A empresa aérea lançadora do modelo foi a United Airlines, que há exatos 40 anos recebia o Boeing 767-200 de matrícula N606UA. A aeronave foi introduzida em serviço comercial algumas semanas depois, completando o seu voo inaugural de Chicago para Denver no dia 09 de setembro de 1982. Começava aí uma longa trajetória de sucesso do 767.

Em 1984, foi lançada a versão de maior alcance do Boeing 767-200, que foi estreada pela israelense El Al. Dois anos depois foi a vez do Boeing 767-300 começar a voar comercialmente. A versão alongada do seu irmão -200 foi criada para transportar até 350 passageiros (em classe única) e Japan Airlines foi a cliente lançadora do modelo, que mais tarde viria se tornar o mais produzido da família 767. Em 1988, a Boeing lançou o B767-300ER (Extend Range) e o primeiro foi entregue à American Airlines.

Konstantin von Wedelstaedt

Mais de 15 anos depois da primeira entrega do Boeing 767, a fabricante norte-americana lançou o maior da família: o Boeing 767-400, que entrou em serviço em 2000 com a Continental Airlines. Ele acabou sendo a variante de menor sucesso entre os 767s, com apenas 37 unidades produzidas. Atualmente, quase todos eles continuam ativos voando pela Delta Airlines e pela United Airlines.

+LEIA TAMBÉM: Há exatos 25 anos, decolava o primeiro Airbus A330-200

O Boeing 767 se popularizou ao redor do mundo e várias empresas aderiram o modelo, que é considerado um dos mais seguros do mundo. Uma aeronave versátil e ideal para realizar voos onde existe uma demanda considerável de passageiros, mas não suficiente para uma aeronave ainda maior, como o Boeing 777.

Pedro Aragão via Wikimedia Commons

No Brasil, o bimotor foi bastante utilizado pela Varig, TransBrasil, GOL/Varig e hoje continua sendo operado em território brasileiro pela LATAM Brasil, que conta com seis unidades do Boeing 767-300WL e também pela LATAM Cargo Brasil, que voa com outros três do Boeing 767-300F.

Em sua maioria, o Boeing 767 é designado para efetuar voos comerciais de empresas aéreas, no entanto essa não é a única função da aeronave que também tem suas versões VIP e militar. A Força Aérea Brasileira inclusive chegou a utilizar durante alguns anos o C-767 de matrícula 2900.

Foto: Dale Coleman via Wikimedia Commons

Quarenta anos depois do seu primeiro voo, já foram produzidos mais de 1.200 unidades do Boeing 767 (somando todas as variantes) e a produção continua, visto que ainda existem entregas previstas do Boeing 767F (cargueiro) e do 767-2C (KC-46), que é a versão militar do Boeing 767-200.

Você já voou em algum dos modelos do Boeing 767? Conte para nós:

Fábio Passalacqua

Fábio Passalacqua

2 Replies to “Há exatos 40 anos, era entregue o primeiro Boeing 767”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *