Boeing e Avolon anunciam pedido para 40 jatos 737 MAX

siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

Imagem: Boeing

A Boeing e a Avolon, empresa internacional de leasing de aeronaves, anunciaram hoje um pedido de 40 aviões 737 MAX no Paris Air Show.

“O anúncio de hoje reafirma nossa parceria de longa data com a Boeing e nosso apoio ao programa 737 MAX. Estamos confiantes na demanda de longo prazo de nossos clientes pelo 737 MAX, e este pedido estende nosso pipeline de entrega até 2030”, disse Andy Cronin , CEO da Avolon. “A transição da frota global para aeronaves de nova tecnologia mais eficientes em termos de combustível é uma prioridade para nossa indústria, e estamos procurando desempenhar um papel de liderança, apoiando as companhias aéreas a alcançar seus objetivos de sustentabilidade”.

O 737 MAX proporcionará aos clientes da Avolon maior flexibilidade em sua rede, ao mesmo tempo em que reduzirá o uso de combustível e as emissões em 20% em comparação com os aviões que eles substituem. 

Em média, cada avião economizará até 8 milhões de libras de CO 2 anualmente em comparação com os aviões que substitui.

“Este pedido demonstra a popularidade do 737-8 entre a comunidade de leasing e a demanda que eles estão vendo de seus clientes para este modelo de avião”, disse Stan Deal , presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes. “A Avolon tem um relacionamento de longa data com o programa 737 MAX e recebeu o 1.000º 737 MAX no ano passado. Esperamos construir esse forte relacionamento com um importante parceiro de leasing à medida que aumenta seu portfólio de aviões da Boeing.”

Este pedido não foi identificado anteriormente no site de pedidos e entregas da Boeing.

*Com informações da Boeing

Guilherme Dotto

Guilherme Dotto

Amante da aviação desde pequeno, nascido em Ribeirão Preto, spotter e viajante desse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *