Aeroporto de Vitória passa a contar com o programa APU Zero da Azul

siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

Ajudando no incentivo e compromisso de um crescimento sustentável, sempre com foco em uma operação cada vez mais ecoeficiente, a base de Vitória da companhia aérea Azul aderiu ao APU Zero, iniciativa que integra o Programa Eficiência de Combustíveis, o PEC, da empresa.

Com essa decisão, o principal aeroporto capixaba integra agora a lista de 14 bases da Azul que colaboram para reduzir em até 73% o uso de querosene das aeronaves enquanto elas estão em solo. O programa APU Zero visa reduzir ao máximo a utilização do APU (Auxiliary Power Unit ou Unidade Auxiliar de Energia), que é o motor auxiliar, geralmente localizado na cauda dos aviões.

Este pequeno motor, além de prover energia durante o voo, é muito utilizado no solo para manter os sistemas do avião ligados durante o embarque dos passageiros. Ocorre que, para isso, o APU acaba consumindo o querosene dos tanques e é, neste momento, que o aeroporto pode colaborar.

Com recursos externos dos aeroportos para manter o funcionamento do avião em solo, no pré-voo, como energia elétrica e ar-condicionado necessários para o conforto dos Clientes, o APU pode ser desligado. E isso ajuda a economizar mais da metade do combustível tradicionalmente consumido pelas aeronaves nos aeroportos.

Segundo Daniel Tkacz, Vice-Presidente de Operações da Azul, os resultados do APU Zero até agora têm estimulado cada vez mais o crescimento do programa e o interesse de novos aeroportos por onde circulam os mais de 900 voos da companhia diariamente. “O uso de APU em solo, nas bases que adotam o nosso programa, caiu de 42%, em abril do ano passado, para 14%, em abril. E isso resultou em uma diminuição de 73% no combustível consumido em solo –o que evitou a emissão de 49 mil toneladas de CO2 na atmosfera. Só em nossa base de Vitória (VIX), a previsão é de que o uso de APU – que hoje é de 61% – caia em breve para 13%”, afirma Tkacz.

O programa APU Zero já completou um ano. A primeira base a aderir ao APU Zero em abril de 2022 foi o Aeroporto de Viracopos (VCP). Atualmente, já são 14 bases pelo país: incluindo além de VCP e, agora Vitória (VIX), os aeroportos de Goiânia (GYN), Curitiba (CWB), Belém (BEL), Florianópolis (FLN), Congonhas (CGH), Confins (CNF), Brasília (BSB), Rio de Janeiro (SDU), Cuiabá (CGB), Recife (REC), Salvador (SSA) e Manaus (MAO) também contam com o APU Zero. A expectativa é que a empresa implemente o programa em outros principais aeroportos do país, encerrando o ano com 20 bases parceiras.

Com informações e foto da Azul

Gabriel Araújo

Avatar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *