Compare: como é voar na Premium Economy e na Econômica da LATAM em voos domésticos

siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

O nosso Flight Report de hoje é um pouco diferente dos anteriores. Convidamos vocês a embarcarem em um bate e volta Guarulhos – Porto Seguro – Congonhas a bordo da LATAM Brasil. No trecho da ida, voaremos na classe econômica, já a volta, será na Premium Economy.


1º voo: LA3224 GRU-BPS (Econômica)

Porto Seguro é um destino bastante procurado pelos brasileiros, principalmente durante a alta temporada. A região é repleta de belas praias, como a do Espelho, do Taípe ou a dos Coqueiros, além de ‘esconder’ charmosos vilarejos: Trancoso, Arraial d’Ajuda, Caraíva, entre outros.

Embarquei para lá na manhã de uma quinta-feira de dezembro. Meu voo estava marcado para partir às 12h05 e o embarque começou no horário previsto, até um pouquinho antecipado. O responsável por cumprir LA3224 daquele dia foi o Airbus A321 de matrícula PT-XPG. Equipado com sharklets, o jato foi entregue à TAM Linhas Aéreas em 2015 e incorporado pela LATAM Brasil no ano seguinte.

Me acomodei no assento 8F, situado na seção frontal da aeronave. Com pitch 29 (aproximadamente 73 cm), o espaço para as pernas é regular. Os Airbus A321 da LATAM Brasil são configurados para acomodar 224 passageiros, sendo 08 na Premium Economy (fileiras 1 até 2), 30 poltronas em assentos Conforto (fileiras 3 até 7) e 186 assentos na Econômica (fileiras 8 até 38). – Dados via Seatmaps e site da LATAM

As portas foram fechadas quase no horário e o pushback foi iniciado por volta das 12h10. Sofremos um pequeno atraso na partida por conta de uma rápida manutenção solicitada pelos comandantes.

Alinhados com a pista 10L, deixamos o solo do Aeroporto de Guarulhos às 12h26. Cruzamos algumas rápidas nuvens e logo o céu azul já estava sobre nós.

O serviço de bordo foi iniciado 35 minutos após a decolagem.

  • Bebidas água e café
  • Alimentos: um pacotinho de chips de batata doce

A água é um item necessário em qualquer serviço de bordo, o saquinho de Chips serviu como um tira-gosto e o café achei válido, não são todas as empresas aéreas que o oferecem gratuitamente na classe Econômica.

Começamos a nossa aproximação por volta das 13h30. O sul da Bahia estava chuvoso naquele dia e após cruzarmos várias camadas de nuvem acompanhados de uma leve turbulência, a vegetação da região surgiu pela janela.

Tocamos o solo baiano às 13h50 e mesmo com o atraso na saída em GRU, pousamos 10 minutos antes do horário previsto. Chuviscava na hora do desembarque e foram oferecidos guarda-chuvas aos passageiros.

Agora, vamos embarcar de volta para São Paulo, mas na Premium Economy.


+ FLIGHT REPORTS:


2º voo: LA3224 GRU-BPS (Premium Economy)

Após uma semana de sol explorando a região, chegou a hora de voltar.

O voo de retorno, o LA3191, estava previsto para partir às 12h30 e fomos convidados a embarcar 17 minutos antes. Por estar voando na Premium Economy, eu tinha embarque prioritário no Grupo 1, atrás apenas das prioridades por lei. Chovia bastante e guarda-chuvas foram distribuídos novamente para o caminho até a aeronave ser menos “molhado”.

Me sentei no assento 2D, corredor. Com pitch 32 (aproximadamente 81 cm), os assentos da Premium Economy oferecem mais espaço aos viajantes. Mesmo um pouco tumultuado por conta da chuva e da infraestrutura do Aeroporto de Porto Seguro, o embarque aconteceu de forma muito rápida e as portas foram fechadas dois minutos antes do horário previsto. O comissário responsável pelo serviço na Premium se apresentou aos clientes e ofereceu uma garrafa de água antes da partida.

Naquele início de tarde, eu estava a bordo do Airbus A320 de matrícula PR-TYO. Também equipado com sharklets, a aeronave foi entregue à Avianca Brasil em 2015 como PR-OCO e após a falência da companhia, foi incorporada pela LATAM Brasil em julho de 2019.

Decolamos às 12h40 e cruzamos uma porção de nuvens. Estabilizados em 36 mil pés e já com o aviso do cinto desligado, o serviço de bordo foi iniciado.

  • Bebidas: suco de laranja, água, café e refrigerantes variados
  • Alimentos: barrinha de cereal, bolinho de laranja e chips de batata doce

O comissário entregou todos os itens de alimentos e para beber, eu optei pelo suco de laranja. Posteriormente ainda peguei um cafezinho. Opções bem mais variadas do que na Econômica.

Durante ambos os voos, utilizei o wi-fi que a LATAM oferece tanto para acessar o serviço de entretenimento quanto para o envio de mensagens gratuitas. A empresa ainda disponibiliza outros pacotes (pagos) mais completos.

Iniciamos a descida e segundo o informado pelo comandante, pousaríamos em Congonhas com chuva fraca e 17º de temperatura. Em pleno mês de dezembro!

Tocamos o solo da capital paulista completando 01h53 de etapa.

Por estar sentado logo nas primeiras poltronas, o desembarque foi rápido.


Os dois produtos se encaixam e fazem jus às suas respectivas categorias. Um outro detalhe da Premium Economy é que os passageiros possuem bagageiros exclusivos, não havendo necessidade daquela procura por um espacinho para encaixar sua bagagem.

Encerramos assim nosso Flight Report comparativo. Vocês já voaram com a LATAM? Conte para nós:

Fábio Passalacqua

Fábio Passalacqua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *