Confira quantos Boeing 727 ainda estão em operação no Brasil

siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

O Brasil é atualmente um dos seletos países que ainda possuem o Boeing 727 em atividade. Somente três unidades do trijato da Boeing continuam em operação regular por aqui. Todos eles voam pela Total Linhas Aéreas, companhia que opera também com Boeing 737-400 cargueiro e ATRs 42-500 para transporte de passageiros.

Alimentados por motores Pratt & Whitney JT8D abaixo de uma cauda em T, um em cada lado da fuselagem e um no centro através de um duto em S, os três Boeings 727-200 que operam em nosso país estão dedicados unicamente ao transporte de cargas, fazendo principalmente as rotas da Rede Postal Noturna (RPN). Eles ficam praticamente fixos nos trajetos Porto Alegre – Guarulhos; Vitória – Rio de Janeiro (Galeão) – Guarulhos e Florianópolis – Curitiba – Guarulhos.

Confira um pouco da história de cada uma das aeronaves até sua chegada ao Brasil:

PR-TTO

Fabricado em 1976, o Boeing 727-200 de número de série 21200 realizou seu primeiro voo em maio, e ainda no mesmo ano, em agosto, foi entregue à Hughes Airwest, sua primeira operadora.

Na companhia aérea norte-americana, o trijato recebeu a matrícula N721RW, e foi batizado como “Spirit of Gamma”. Com o fim das operações da empresa em 1980, o 727 foi repassado à Republic Airlines, por onde voou por seis anos, também com a matrícula N721RW.

Seis anos se passaram e o até então novo trijato ganhou passou a voar em um outro operador operador, a Northwest Airlines (NWA), uma empresa aérea dos Estados Unidos fundada em 1926 e que tinha sua sede na cidade de Eagan, Minnesota.

Em 1997, após onze anos voando pela NWA, o Boeing 727 teve sua carreira transportando passageiros encerrada, sendo convertido para cargueiro e entregue à Express One, onde seguiu voando com a sua matrícula inicial N721RW.

Em toda sua longa jornada voando pelos Estados Unidos, o trijato permaneceu sob o mesmo registro, sendo alterado somente após sua saída do país.

Ele chegou no Brasil em 2007 e recebeu a matrícula PR-TTO assim que foi nacionalizado e teve todos os trâmites de importação realizados.

Com seus 46 anos de muita experiência, o veterano Boeing continua ativo pela Total.

PR-TTP

Fabricado em 1978, o PR-TTP tem o número de série 21502 e realizou seu primeiro voo em abril daquele ano, sendo entregue à Hughes Airwest no mês seguinte como N725RW.

De 1979 até 1996, o trijato operou por quatro companhias aéreas diferentes, sendo elas a Philippine Airlines, Republic Airlines, Northwest Airlines e a Pegasus Aviation. Em todas elas, o 727 operou sob a matrícula N725RW.

Depois de dezessete anos operando regularmente com o mesmo registro, o trijato iniciou seus voos pela Ecuatoriana, uma companhia aérea nacional do Equador, onde voou de 1996 até 2000.

Após o ano 2000, a aeronave voltou a operar com a matrícula N725RW, porém desta vez para a Pegasus Aviation, já convertido em cargueiro. Até sua chegada ao Brasil, a aeronave passou ainda pela Express One e LAB (Lloyd Aéreo Boliviano), onde voou até 2006.

No Brasil, em agosto de 2007, o Boeing 727-200 passou a fazer parte da Total Linhas Aéreas, matriculado como PR-TTP e com 44 anos de idade, ele segue voando aqui pelo Brasil até os dias de hoje.

PR-TTW

Fabricado em 1980, o Boeing 727-200, que hoje voa como PR-TTW, é o mais “novo” dos três. Com número de série 22438, ele realizou seu primeiro voo em julho de 1980, e ainda no mesmo ano, em novembro, foi entregue à Eastern Airlines, empresa aérea dos Estados Unidos fundada em 1926.

Sob a matrícula N807EA, o trijato da Boeing pela Sunbird Airways, de 1992 a 1993, e posteriormente Arrow Air, quando foi convertido para cargueiro. Logo após sua saída da companhia aérea cargueira estadunidense, a aeronave foi incorporada pela Europe Airpost, onde voou de 1995 a 1999 com a matrícula F-GKDY.

Até vir voar no Brasil, a aeronave passou também pela Pacific International Airlines, onde voou como N928PG e pela DHL (Astar Air Cargo), operando sob o registro N743DH.

Ele chegou no Brasil em 2010 e foi matriculado como PR-TTW. Assim como seus dois “irmãos” mais velhos, o “TTW” continua em plena atividade no auge dos seus 42 anos.

Asas Linhas Aéreas pode ser a mais nova operadora do Boeing 727 no Brasil

A Asas Linhas Aéreas está se preparando para estrear seus voos. O primeiro Boeing 727 da companhia, matriculado como PR-IOC, já operou anteriormente nas companhias RIO e Sideral e atualmente está passando pelo processo de manutenção em Brasília.

Ainda não há data exata de quando a empresa estreará nos céus do Brasil. Enquanto isso, ficamos na torcida para vermos logo mais Boeing 727s em atividade pelo nosso país.

Recentemente a mesma reservou uma matrícula para um outro 727, que poderá vir ao Brasil em breve. Confira:

Guilherme Dotto

Guilherme Dotto

Amante da aviação desde pequeno, nascido em Ribeirão Preto, spotter e viajante desse mundão.

One Reply to “Confira quantos Boeing 727 ainda estão em operação no Brasil”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *