Nova companhia aérea canadense entra em operação; conheça mais sobre a Jetlines

Siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

Foto: Jetlines

Na última semana, o Canadá ganhou uma nova empresa aérea. Trata-se da ultra low-cost Jetlines, que depois de alguns atrasos, finalmente entrou em serviço.

O primeiro voo da nova companhia aconteceu na quinta-feira (22) e foi entre o Aeroporto de Toronto Pearson (YYZ) e o Aeroporto Internacional de Calgary (YYC). A aeronave responsável pela estreia foi o único A320 da frota da companhia: o C-GCJL. O Airbus possui 12.7 anos de idade, tendo iniciado sua carreira na Avianca Colômbia como N417AV. Antes de ser incorporado pela Jetlines, a aeronave ainda voou na Turquia pela Pegasus com a matrícula TC-DCJ.

Jornalistas e figuras importantes, como Michael Thompson, vice-prefeito da cidade de Toronto, embarcaram no voo de estreia da empresa. Membros da companhia e os responsáveis pela fundação da mesma também estavam a bordo.

Foto: Jetlines

Em Calgary, um evento, com discurso e fitas cortadas, foi organizado para receber o primeiro voo da empresa.

“A canadense Jetlines está entusiasmada em oferecer o seu primeiro serviço regular partindo de nosso hub em Toronto para a cidade de Calgary. Com foco em destinos turísticos, escolhemos Calgary por conta de suas amplas opções turísticas (…). Somos gratos ao aeroporto e a comunidade por nos apoiar e permitir a realização de nosso primeiro voo”

Eddy Doyle, cEO da Jetlines

Planos de Expansão

Com sua vibrante pintura azul e laranja, a Jetlines passa a operar o trajeto entre Toronto e Calgary duas vezes na semana, às quintas e aos domingos. A empresa planeja acrescentar uma terceira frequência a tempo das celebrações no final do ano.

Em dezembro, um segundo Airbus A320 é aguardado pela low-cost, que planeja ter uma frota de 15 aeronaves até o ano de 2025.

Por enquanto, os planos da Jetlines são voltados para o mercado doméstico no Canadá, mas a empresa já entrou com um pedido no Departamento de Transporte dos EUA para futuramente realizar voos ao país.

Fábio Passalacqua

Fábio Passalacqua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *