Furacão Ian atinge categoria 4 e mais de 2 mil voos são cancelados nos Estados Unidos; Aeroporto de Orlando é fechado

siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

Foto: KuntalSaha

Após passar por Cuba e deixar rastros de destruição, o furacão Ian ganhou força hoje (28) durante sua trajetória até os EUA e atingiu a categoria 4, com ventos superiores a 200 km/h.

A tormenta, que agora é considerada “extremamente perigosa”, está neste momento (28/09 14:36 BSB) próxima da cidade de Venice, na costa oeste da Flórida, a poucos quilômetros de atingir o território norte-americano.

As empresas aéreas e os aeroportos são alguns dos vários setores que se prepararam para a chegada do evento climático. Ontem (27), mais de 350 voos foram cancelados ao redor dos Estados Unidos, principalmente na Flórida. Hoje (28), o número já supera os 1.900 cancelamentos. A grande maioria dos voos impactados são das companhias aéreas Southwest Airlines, Frontier Airlines, Delta Air Lines, United Airlines, American Airlines e Spirit Airlines.

Dentre os voos prejudicados estão alguns entre o Brasil e os Estados Unidos. Através do link ao lado você pode conferir o status dos voos da Azul, LATAM, GOL e American Airlines entre os países: Voos Brasil – Estados Unidos Furacão Ian. Lembramos que se você tem uma passagem aérea marcada para a os próximos dias de/para a Flórida, é recomendável entrar em contato diretamente com a companhia aérea.

Aeroportos

O Aeroporto Internacional de Tampa vem sendo um dos mais prejudicados com o fenômeno climático e teve todas as suas operações suspensas a partir de ontem (27), conforme reportamos aqui.

Hoje (28), o Aeroporto Internacional de Orlando, que é uma das principais portas de entradas para os brasileiros nos Estados Unidos, anunciou que ficará fechado temporariamente até sexta-feira (30). A cidade de Orlando está na rota do furacão e os parques temáticos da Disney e Universal também anunciaram a parada temporária das atividades.

Outros aeroportos na região da Flórida, como o de Sarasota, também suspenderam todas as suas operações. Os aeroportos de Miami e Fort Lauderdale divulgaram notas informando sobre a grande quantidade de cancelamento de voos, porém ambos continuam operacionais até segunda ordem.

Através do link ao lado você pode acompanhar a trajetória do furacão Ian: Windy Ian Hurricane

Fábio Passalacqua

Fábio Passalacqua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *