Estados Unidos suspendem todas as decolagens em território nacional por falha em sistema

siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

Foto: formulanone

O dia começou tumultuado para a aviação dos Estados Unidos. Todos os voos (decolagens) em território norte-americano foram suspensos após uma determinação da Administração Federal de Aviação dos EUA – FAA.

De acordo com a Agência, o seu sistema de NOTAM está fora do ar e os trabalhos para colocá-lo em serviço novamente já estão em andamento.

Por conta da queda do sistema, a FAA ordenou que todos os voos domésticos e internacionais que decolariam de aeroportos estadunidenses ficassem retidos em solo, aguardando autorização, até pelo menos às 09h30 (costa leste dos EUA) / 11h30 horário BSB. Apenas voos militares e de resgate médico estão autorizados a decolar. A situação impacta milhares de partidas, causando cancelamentos e atrasos em massa.

Estima-se mais de 400 operações já foram canceladas e outras 10 mil estão atrasadas.

As aeronaves que se encontram em voo e irão chegar em algum aeroporto nos Estados Unidos poderão pousar com segurança e sem restrições.

O presidente Joe Biden está acompanhando a situação e a Casa Branca noticiou que, por enquanto, não há evidências de que a falha tenha sido causada por um ataque cibernético, mas o caso está sendo investigado.

O que é o NOTAM?

NOTAM é uma mensagem que tem por finalidade divulgar alterações e restrições temporárias que possam ter impacto nas operações aéreas, como, por exemplo, a indisponibilidade de um determinado auxílio à navegação aérea, uma pista que esteja interditada,  o fechamento de uma porção do espaço aéreo, obras no aeroporto ou outras restrições – Informações via DCEA

Matéria em andamento (última atualização 11/01 às 10h44 BSB)

Redação ONTIME

Avatar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *