GOL recebe 33ª unidade do Boeing 737 MAX 8

Na noite de ontem (02), a GOL Linhas Aéreas, companhia aérea brasileira fundada em 2001, recebeu sua 33ª unidade do moderno Boeing 737 MAX 8, sendo a 10ª aeronave que voaria pela extinta JetAirways, companhia aérea da Índia que encerrou suas operações em abril de 2019. A empresa era a segunda maior do país, considerando quantidade de aeronaves na frota, apenas atrás da low-cost IndiGo.

O 737 MAX de matrícula N9358J, que pertence à empresa holandesa de leasing AerCap, pousou no Aeroporto Internacional de Confins (CNF) às 23:37, tendo decolado da Cidade do Panamá (PTY), onde pernoitou por três dias, às 15:20. A rota Victorville (VCV), onde estava estocado, e a capital panamenha teve duração de aproximadamente 06h00.

No Brasil, a aeronave voará com a matrícula PS-GPD, sendo a décima aeronave da GOL a usar o prefixo PS. O jato de 3.9 anos possui uma configuração interna diferente dos demais 737 MAX 8 da companhia brasileira, que não foram configurados anteriormente para voar na JetAirways, tendo ao todo 174 assentos, sendo 12 em classe executiva e 162 assentos em classe econômica.

Foto: Chris Edwards © Planespotters.net

Em uma atualização no mês de abril de 2022, a GOL anunciou seus planos para o ano, com estimativa de encerrá-lo com 136 aeronaves Boeing, sendo 92 unidades do 737 NG (700/800) e 44 unidades do moderno 737 MAX.

A empresa brasileira ainda possui uma grande encomenda de jatos MAX da Boeing, 92 unidades. Podendo haver mudanças, até o momento a companhia possui 67 aeronaves 737 MAX 8 para serem entregues, além de 25 unidades do bimotor de maior versão, o 737 MAX 10.

Guilherme Dotto

Guilherme Dotto

Amante da aviação desde pequeno, nascido em Ribeirão Preto, spotter e viajante desse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *