Brasil registra alta de 86% na importação de aeronaves da Cirrus em 2022

Siga o ONTIME no Instagram: @ontime.av

O mercado da aviação executiva está bastante aquecido no mundo inteiro. Impulsionado pela redução de voos de linha aérea durante a pandemia, não parou mais de crescer. O segmento de monomotores a pistão da Cirrus Aircraft no Brasil segue a mesma tendência, juntamente com o exclusivo monojato Vision Jet, com incremento de 86% de importações em 2022, em relação ao ano de 2021.  

A Cirrus Aircraft afirma que exportou para o Brasil, em 2022, 23 unidades da série SR (20, 22, 22T) e cinco Vision Jets.  A frota nacional da marca no país já chega a 450 aeronaves. Este ano, a Cirrus vai entregar para o mundo um total de 792 unidades da série SR e 98 da série SF (Vision). No total, a Cirrus se aproxima de 9.000 SR entregues e 400 Vision Jets.

A preferência do brasileiro pela série SR da Cirrus se dá por conta do conforto, da tecnologia embarcada, do sistema CAPS – sistema de paraquedas exclusivo da Cirrus. São fatores de decisão também o baixo custo operacional e, principalmente, o excepcional nível de segurança oferecido pelo modelo inclusive para pouso em pistas de terra.


+LEIA TAMBÉM: Cirrus Vision: o jato executivo à frente do seu tempo


Para Sérgio Benedetti, diretor comercial da Plane Aviation, que representa com exclusividade a Cirrus Aircraft no Brasil, a liderança da marca no Brasil está pautada na qualidade do produto, na ampla assistência técnica e na proposta do cliente receber a aeronave no país totalmente nacionalizada sem ter que se envolver com nenhuma questão de importação.

Via EGOM PR AGENCY

Fábio Passalacqua

Fábio Passalacqua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *